Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Data: 17/01/2018 Hora: 15:38:27
NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A VACINA DA FEBRE AMARELA
COM RELAÇÃO À CAMPANHA DE VACINAÇÃO:

As cidades do Vale do Ribeira, até o presente momento, NÃO FORAM CONSIDERADAS ÁREAS DE RISCO por não apresentarem registros de casos autóctones confirmados da doença, ou seja, sem a presença da circulação do vírus.

Portanto, a população de nossa região ainda não será vacinada em massa, porém a vacinação é indicada para as pessoas que irão viajar ou permanecer em áreas de riscos para doença.

Recomendamos aos viajantes que irão para áreas endêmicas, conforme determinado pela DIVISÃO DE IMUNIZAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, vacinar 10 dias antes da viagem.

Informamos, também, que a vacina da Febre Amarela para os VIAJANTES esta disponível na UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE II (UBS) MUNICIPAL, sendo aplicadas todos os dias das 8:00h ás 12:00h da manhã, em virtude de seu tempo de validade após a abertura do frasco, de apenas 4 horas.

Conforme a Coordenadoria de Controle de Doenças, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, no Vale do Ribeira, não há a circulação do vírus e a conseqüente transmissão da doença e, portanto, é considerada Área Sem Recomendação da Vacina de Febre Amarela, apesar da mídia ter divulgado o contrário.

Caso apareça algum caso suspeito, contraiu a doença em outro local.

SOBRE CASOS DE MACACOS (BUGIO) ENCONTRADOS DOENTES OU MORTOS:

COMUNICAR IMEDIATAMENTE A VIGILÂNCIA SANITÁRIA MUNICIPAL, passando a localização e indicando pontos de referências.

A equipe da vigilância investigará se há referências de outros eventos relacionados a adoecimento ou morte de macacos, encontro de macacos fora do seu habitat natural ou outro comportamento anormal, macaco atropelado ou morto por atividade de caça, encontro de carcaças, ossadas e outros vestígios de morte e, após avaliação poderá ser recomendado à realização da coleta de amostra de fragmentos do animal para analise laboratorial.

Orientamos para não mexer e apenas monitore à distância evitando que outros animais, como cachorro e gato ou até mesmo pessoas curiosas, cheguem perto; lembrar que o animal doente poderá estar em fase de viremia e assim contribuir para a disseminação da FA.

Informamos que, até a presente data, a Vigilância não recebeu comunicado da população e nem da Policia Militar Ambiental sobre casos de macacos doentes ou mortos na cidade de Eldorado/SP.

Caso haja a ocorrência comunicar imediatamente através do telefone (13) 3871-1297, lembrando que é importante passar corretamente a localização.

A Vigilância Epidemiológica está localizada na Rua Nuno Silva, Nº 525, Centro, e a disposição da população para esclarecimento de quaisquer dúvidas para melhor atender a população.

FONTE DE INFORMAÇÕES:

Vigilância Epidemiológica de Eldorado/SP

Grupo de Vigilância Epidemiológica/SP (GVE XXIII)

Centro de vigilância Epidemiológica/SP (CVS)



Data: 17-01-2018 15:38:27